Cadastra-se para receber meu conteúdo

quinta-feira, 22 de março de 2018

Ainda Sou Eu - Jojo Moyes,

Olá Pessoas!!!

Trouxe esse livro, a sequencia de Depois de Você que é sequência de Como eu era antes de você. Um romance lindo que começou com Louisa Clark e Will Traynor. Só leia esta resenha se você está atualizado com a história, pois terá spoiler da vida da nossa personagem. Então vamos à história.

Louisa Clark atualmente está namorando com o bonitão paramédico que a salvou no livro anterior. Aceita um emprego de assistente em Nova York e se vê em uma nova vida, em uma oportunidade de conhecer outros lugares e outras pessoas. Aceitou este emprego pela lembrança de Will que sempre a induziu a viver a vida da melhor maneira e intensamente, não deixar passar as boas oportunidades.

Resultado de imagem para ainda sou eu resenhaChegando em NY descobre que será assistente de uma mulher esposa de um empresário podre de rico. Ela não é aceita na sua sociedade atual, pois era a outra do seu atual esposo. Ele decidiu deixar a esposa e casar com ela. A enteada não gosta dela, nem a vizinhança nem ninguém do clube que ela é obrigada a frequentar com seu marido. Por isso além dela ser muito triste é sozinha. Louisa foi contratada para acompanhá-la em todos os lugares, não deixá-la furar eventos e fazer companhia.

Para Louisa estar em  NY está sendo maravilhoso ainda mais que está frequentando a alta sociedade. O que a entristece é que está longe de seu namorado, fica insegura e começa a desconfiar quando conhece a nova companheira dele de ambulância.

Em um baile amarelo Louisa precisa acompanhar sua patroa devido ela estar muito insegura e lá conhece um rapaz e o mais interessante é que este rapaz parece muito fisicamente o Will e isso mexe muito com ela. Ele fica xavecando ela e é cada vez mais difícil deixar de lado, já que está meio que dando um tempo com Sam.

Este livro é como uma descoberta para Louisa. Ela descobre o que ela é e o que ela gosta de fazer.
Conhecemos vários personagens legais e os personagens que mais marcaram foi o porteiro e sua esposa e a velhinha irritada com seu cãozinho da casa vizinha. Ambos acabam sendo personagens importantes e cruciais para ela fazer a grande descoberta da sua vida.


"Aqui, finalmente consigo ver como tudo mudou para você. Pelo amor de Deus, você está morando na Quinta Avenida. Um dos endereços mais caros do mundo. Está trabalhando neste edifício de doido. Tudo cheira dinheiro. E tudo é absolutamente normal para você. 

Por mais estranho que fosse, fiquei na defensiva.
-Ainda sou eu. - Claro- disse ele. - Mas você está em um lugar diferente agora. Literalmente. Ele falou em tom neutro, mas algo naquela conversa me deixou desconfortável. Descalça, andei até onde ele estava, coloquei as mãos em seus ombros e disse, com um pouco mais de ênfase que pretendia: - Ainda sou apenas a Louisa Clark, sua garota ligeiramente desajeitada de Stortfold. - Como ele não respondeu, acrescentei: - Sou apenas uma funcionária aqui, Sam. Ele me olhou nos olhos, depois estendeu a mão e acariciou meu rosto. - Você ão entende. Não consegue ver como mudou. Você está diferente, Lou. Anda por essas ruas como se fossem suas (...)"


O que mais amei no livro foi a personagem com seu jeito engraçado de ser, seu gosto peculiar de se vestir, sua forma de ver a vida e o relacionamento dela com a velhinha. Indico o livro, mas indico os três em sequencia.