Cadastra-se para receber meu conteúdo

domingo, 13 de março de 2016

O capítulo de Julian - R. J. Palacio

Olá pessoas!!!

Trouxe hoje um livro que é apêndice, ou como desejar extra de Extraordinário, um livro que é magnífico e você não pode morrer sem o ter lido. Já fiz um resuminho dele aqui e se quiser pode conferir.
Julian é um garoto popular na escola. Seus pais dão a ele uma vida boa, por ser da classe média. Mora em outro bairro, uns trinta minutos da escola onde paga e estuda. A escola é uma das melhores da região e das mais caras.


Ele foi um dos escolhidos entres os alunos da escola para poder dar boas vindas e apresentar a escola à um garotinho que entraria na escola naquele ano. Sua mãe eufórica por ser mãe de um dos escolhidos esquecera de lhe dizer os detalhes daquela missão.


August Pullman, o garotinho novo, nunca tinha ido à escola por motivos de reserva, devido à sua condição. Nasceu com uma deformidade em seu rosto, deformidade esta que faz com que todas as crianças, sendo da sua idade ou não, se assustarem de tão medonho, digo estranho que se parece.

Quando percebeu que sua missão não era simplesmente apresentar a escola e sim tentar ser amigo e levar outras crianças a criar amizade com ele, não gostou. Percebeu que agora ele não era o centro das atenções e sim August o novato de rosto assustador, digo diferente.


No livro Extraordinário ele é tão mal com August sem causas que ficamos sem entender o real motivo, será só ciúme da atenção roubada ou tem algo à mais? Neste livro já vemos que realmente Julian tem ciume, mas seu mundo, sua educação, seus pais o faz agir da forma que ele o faz. São orgulhosos, e sua mãe sempre arruma desculpas para seus atos, assim ele poderia fugir de assumir qualquer consequência.

Gostei bastante de conhecer mais sobre Julian, sobre seus pais e mais ainda sobre sua avó. Ela reservada, mas esconde um mistério sobre o nome do seu neto que faz uma diferença enorme no emocional dele, o que foi um marco enorme para sua mudança e seu crescimento.