Cadastra-se para receber meu conteúdo

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Anna e o beijo francês

Resultado de imagem para Anna e o beijo francês -Olá pessoas, trouxe hoje uma nova leitura, um romance daqueles bem doce.
Já tinha ouvido falar muito desta história e fiquei muito curiosa.

Anna irá cursar o último ano antes da faculdade e seu pai resolve mandá-la para uma escola em Paris. Seu pai é um renomado escritor de romances clichês, daqueles que a personagem principal tem câncer e morre, que todas as mulheres suspiram pela sua história e até vira filme seus livros. Anna tem uma boa crítica sobre este tipo de leitura, mas esconde seus pensamentos de seu pai.

É claro que Anna não quer se mudar. Deixaria sua melhor amiga, sua paquera e sua vida para se mudar para um lugar totalmente desconhecido, somente por causa do orgulho de seu pai, mas nada que fizesse o fez mudar de ideia, e então ela teve que ir.

Chegando na escola interna a  SOAP (School Of America In Paris) , onde seria seu lar naquele ano, fica muito triste e chora, mas por sorte sua vizinha de quarto, veterana no colégio sabe o que ela estaria se sentindo e faz amizades e a coloca em seu ciclo de amigos, o que facilita bastante seus primeiros dias naquele lugar.

Meredith, sua nova melhor amiga e vizinha de quarto ama futebol, se mostra muito legal com nossa protagonista e me identifiquei muito com ela. Os novos amigos incluíam Rashimi e Josh que são umas figuras que namoram já há algum tempo e Étienne St. Clair, um rapaz que arranca suspiros de todas as moças do colégio, lindo, inteligente, porém comprometido. Namora a Ellie, uma linda garota já formada, cursando faculdade. Eles namoram também já há um bom tempo, foram bons e amigos do mesmo ciclo de amizades.

Anna teve dificuldades de adaptação, pois não sabia falar Francês, mas St. Clair ajudava sempre e a acompanhava nos lugares legais da cidade para ela conhecer. Mas seu interesse mesmo era o cinema. Acompanhada ou sozinha ela amava assistir filmes e criticá-los em seu blog. Por fim, St. Clair se torna seu melhor amigo e sua paixonite. Na verdade Anna estava muito confusa entre St. Clair e seu antigo namorado, mas foi traída por ele e por sua melhor amiga.

Anna Acaba se consolando com St. Clair e ajudando a consolá-lo também, pois o drama do livro acontece quando descobrem que sua mãe está com câncer e seu pai o proíbe de vê-la por ciumes.
Este drama, na verdade é que coloca mais emoção na história.

Todos as resenhas que li falam muito bem deste livro, mas pra mim, o livro não foi bom. Pode ser que eu estava com um péssimo ânimo? Pode ser, mas achei muito chato. Na verdade é muito, mas muito meloso, quem gosta de romance doce, mel vai amar.


Resultado de imagem para Anna e o beijo francês -