Cadastra-se para receber meu conteúdo

sábado, 13 de dezembro de 2014

A Elite - Kiera Cass (2)

Oi, oi gente!!!

Cheguei para a continuação de A Seleção, então se você ainda não leu o resumo do primeiro livro da saga pare por aki e depois volte (clique aki para ir para A Seleção).

Nossa a cada vez que leio fico mais apaixonada pela história.
Supondo que quem está lendo, já leu A Seleção (não reclame se receber spoiler, estou avisando) sabe então que o Príncipe teve que eliminar algumas moças e deixar somente algumas formando a elite, sendo que estas agora teriam poderiam tomar chá e se aproximar da Rainha, encontrar com mais tempo o príncipe e também receber tarefas desafiando sua inteligência e criatividade.

Bom, Aspen, ex namorado de América agora é guarda do castelo. Isso fez com que o que aconteceu antes dela ser escolhida se arranjasse e eles tem a oportunidade de se abrirem.
Eis aí o problema: América quer o principe, porém pensa que não é capaz de ser rainha futuramente, também às vezes pensa que melhor deixar essa seleção pra lá e ficar com Aspen. Mesmo assim foi escolhida para ficar, juntamente com outras seis moças formando a elite.

"Mas como decidir entre duas boas opções? Como decidir se qualquer escolha deixaria parte de mim destruída? Me consolei com o pensamento de que ainda tinha tempo. Eu ainda tinha tempo."


América, confusa e até então não queria ganhar, mas o príncipe Maxton acabou conquistando seu coração por mostrar-se muito bondoso.

América fez uma amizade antes de chegar no castelo. Marlee, uma quatro, acostumada a não passar tanta dificuldades como América, era doce e mesmo que estando na mesma competição estava ganhando seu apoio, do rei e do povo para ser a escolhida, mas é percebível que ela tem um segredo que, futuramente vai à mostra. Esse segredo me pegou de surpresa, porém algo aconteceu com ela que chorei muito e foi a parte do livro mais intensa, mais triste, mais frustante, mais tudo!!! ( se quiser saber LEIA).

América é muito curiosa e pergunta ao príncipe o que é o Halloween, então ele mostrou a ela uma biblioteca de livros abolidos, achou um do fundador do país. Nele tinha a definição e como ela tinha ficado encantada ficou com este livro emprestado, escondido. O principe Maxton decidiu voltar a ter essa festa de Halloween e fez uma no castelo, convidando a família das moças. Essa parte é muito legal.

Houve mais invasões no castelo, em uma delas América foge para a floresta e acaba presenciando um fato dos rebeldes. Houve algumas tarefas, sendo que em uma dessas tarefas, ela já com raiva e decidida a desistir de tudo, coloca tudo a perder literalmente.

Enfim, este livro foi mais intenso que o outro, sempre acontecendo alguma coisa importante, nem me deixou dormir de tão entusiasmada que fiquei. Dá pra perceber que ela está entre dois amores, deve escolher um. Acaba que ela é que acaba tendo que selecionar, não sendo a selecionada. Adorei!!!

Já estou com o próximo: A Escolha. Deixo aki uma parte de um trecho da dúvida dela:

"Fechei os olhos e tentei me enxergar por dentro. Será que eu podia mesmo fazer isso? Será que eu poria ser  próxima princesa de Illéa?"