Cadastra-se para receber meu conteúdo

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Duas meninas vestidas de azul

Olá, este livro foi escrito por Mary Higgins Clark e é um romance policial, com muito suspense e é muito gostoso de ler.

Kathy e Kelly são filhas gêmeas do casal Margaret e Steve Frawley. Elas meio que são mais do que especiais por serem gêmeas, pois nasceram com o dedinho colado e tem uma suposta telepatia entre ambas, o que dá o livro um suspense a mais.

A história se passa em Ridgefield, Connecticut, no estado americano.
Elas fizeram três aninhos e os pais comemoraram com uma festa. Margaret comprou para cada uma delas um vestidinho de veludo azul. Na mesma noite da festa os pais tiveram que sair e as deixaram com uma babá. Aconteceu que as bebês foram raptadas nesta noite, a babá percebeu que algo estava acontecendo e quando ela foi ver alguém por trás colocou algo no seu nariz e ela desmaiou, a unica coisa que ela lembra é que essa pessoa tinha um cheiro forte de suor.

Ouve contato dos que raptaram, a pessoa se identificou como o flautista mágico. A autora revela os outros quatro envolvidos no sequestro, mas oculta este flautista, assim ficamos o livro quase inteiro a ficar desconfiados dos diversos personagens.

Foi pedido oito milhões de dólares para o resgate, e a empresa em que o pai das meninas trabalhava fez uma reunião para votarem quem estava a favor deles pagarem o resgate. E assim foi feito o pagamento. O detalhe é que Lucas que era um dos que estava envolvido nisso e era quem iria receber o pagamento, também era o motorista da limosine em que levou o intermediário a pagar o resgate. Lucas conseguiu receber sem que ninguém percebesse que estava envolvido.

Marcaram de entregar as meninas, porém a ama que estava cuidando delas tinha uma obsessão com crianças e queria ficar com elas ou uma delas, assim fez um plano só para si, e traiu o grupo de raptores, devolvendo somente a Kelly. O plano foi realizado de forma que matou Lucas e escreveu uma carta, como se ele estivesse confessando um suicídio e um homicídio, pois na carta afirmara que enterrou Kathy no mar.

A família e toda a cidade ficou penalizada com este acontecimento, pois tinham provas que Lucas foi realmente planar sobre o mar e levou uma grande caixa e voltou sem ela.

O FBI em busca dos suspeitos visitaram várias pessoas que tinham grande chance de serem do grupo dos raptores, com convicção que Kathy realmente estava morta.

Como já tinha dito no início, as gêmeas eram especiais e conversavam entre si, sendo que a Kelly afirmou para mãe que a sua irmã queria ir para casa, falava que estava doente, falava onde e como ela se encontrava. A mãe acreditando e lembrando que no dia em que ela foi comprar os vestidos de veludo para festa a vendedora informou que uma moça no mesmo dia foi à loja comprar roupas de gêmeas, mas ela não sabia o tamanho, somente que tinham três anos, assim começou a desconfiar desta pessoa. A vendedora que já tinha desconfiado desde antes, foi à casa da pessoa que ela vendeu e encontrou somente seu marido, pois Angie tinha viajado.

Assim, quando a mãe das meninas foi nessa casa, teve certeza que ali que suas meninas ficaram em cativeiro.

Assim o circo se fechou nos raptores. O final é muito bonito, isso é só um resuminho para terem ideia do que acontece.

Indico, bjinhos!!!